Segurança também se faz com tecnologia
19 de janeiro de 2017

Cães treinados para segurança

Pelo aguçado faro, espetacular percepção e alta sensibilidade auditiva, os cães de guarda ganham cada vez mais espaço na constante busca pela segurança eficiente.

Desde o ano 2000, um dos serviços do Grupo Escolta que mais crescem tem sido a segurança com cães. Os animais passam por um treinamento específico para cada necessidade e recebem adestramento de obediência para agir sob comando.

Com impacto intimidador e atenção a qualquer movimento, os cães auxiliam e complementam o trabalho do segurança patrimonial, que o tem como um parceiro com qualidades úteis na atuação diante das mais variadas situações de risco.

Para que o cão seja inserido no ambiente e estrutura de segurança do cliente, profissionais do Grupo Escolta desenvolvem um estudo prévio.

Segundo Wilson Silva de Azevedo, diretor operacional do Grupo Escolta, “na análise de risco feita na ocasião da contratação dos serviços de segurança, estudamos a possibilidade do vigilante ser auxiliado por um cão de segurança, cujos resultados, na maioria das vezes, são excelentes”.

Porém, para se ter um cão como parceiro, é necessário que o vigilante tenha feito o curso para este fim em escola especializada, cujo programa de aprendizagem engloba basicamente: linguagem canina, atitudes agressivas, manuseio de equipamentos para condução de cães, comandos, anatomia do cão, alimentação e higiene. Enfim, temas que garantam o bom andamento dos serviços e a preservação do bem-estar do animal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *